segunda-feira, agosto 07, 2006

Revolta contra os mochis!!

Hoje tenho um assunto muito importante pra tratar nesse blog. Voces repararam que todas as fabricas de mochi (bolinho de arroz) resolveram tabelar o preço?? Kanazawa, Satsumaya, Okinawa, etc, etc, todas as marcas com o mesmo preço. Agora o pacotinho de mochi custa R$ 6,30 (500 gramas) na Liberdade. Nao existe mais possibilidade de escolha baseada no preço!!

R$ 6,30 é um absurdo de caro por um pouco de arroz motigome batido na maquina. Se ainda fosse aquele mochi dos kenjinkais, que os velhinhos batem com o pilão, na raça, tudo bem. Eu pago isso e pago até um pouquinho mais se tiver recheio de anko. Só que as fabricas usam máquinas automaticas pra fazer esse serviço. Por isso está muito caro!! Portanto, eu resolvi que nao compro mais mochi.

Vou fazer que nem a minha batian, e vou fazer meu mochi em casa mesmo. É logico que vou precisar de duas coisas: tempo e coragem. Mas agora pelo menos é mais facil arranjar tempo. Vou procurar nas coisas da minha batian o pilao e o martelinho que ela usava pra fazer mochi pra mim quando eu era criança. E vou aprender!! Agora estou revoltada com as fabricas de mochi!! Abaixo as fabricas de mochi!!

Cabe ressaltar, querido leitor, que ontem eu comprei meu ultimo pacote de mochi. Sim, apesar do preço carissimo, eu desembolsei R$ 6,30 para satisfazer um capricho bobo meu. É que eu estava morrendo de vontade de comer oshiruko, que é um caldo de feijao azuki docinho, com pedacinhos apetitosos de mochi (olha a foto apetitosa, mas o meu nao ficou tao lindo).

Eu já tinha comprado o azuki (R$ 1,40). Como é que eu ia fazer oshiruko sem mochi, né?? Entao comprei. Só pra fazer oshiruko. E ontem fui no Akabeko comer tempura de sorvete (oh meu Deus, calorias vazias!!). E fui no Ikesaki comprar coisinhas que fazem toda mulher feliz: xampu, esmalte, creme para o cabelo (o meu está muito seco e estranho). E comprei o mochi e o azuki, e acabou meu pobre dinheirinho. Dei meia-volta volver.

Daí voltei pra casa e cozinhei meio quilo de feijao azuki. Temperei do jeito que estava na receita da internet, mas nao ficou tao bom como o oshiruko que minha batian fazia pra mim quando eu era criança. Só ficou comivel (ou tomável). Tomei uma xicara ontem, e hoje uma xicara de manha e outra de noite. Acho que vou passar mal...blergh...e pelas minhas contas, com meio quilo de azuki cozido, devo tomar oshiruko até o final do mes. Mas é bom pra eu enjoar e parar com esses caprichos bobos!!

Hoje teve churrascada dos voluntarios do Festival, foi muito bacana, comi muito, tanto que nem jantei. Deu pra conversar bastante, e foi super divertido e muito boa a comida e as saladinhas dos Espetinhos Ito, empresa q tb fornece pro Ikoi. Depois voltei pra casa e trabalhei, trabalhei e trabalhei, pq sou formiga, e nao cigarra. Agora estou mandando spam pros pobres jornalistas...hehehe....coitadinhos. Mas eu tb recebia muito spam quando trabalhava em redacao, e nao ligava. E tem muito release ruim. Pelo menos os meus textos sao bons, uma maravilha pra ler (com muita humildade). Devia escrever um livro. Quem sabe um dia. Bjs.

Um comentário:

  1. Oi Erika!
    Isso q eh vontade de comer mochi!!! hehehe
    Talvez abrir uma fabrica de mochi pode ser uma boa... afinal com um preço baixo vai poder desbancar o cartel hehehe
    Bjus

    ResponderExcluir