sexta-feira, maio 18, 2007

Historias da minha batian...

Uma lembrança bem clara da minha infância é que eu acompanhava minha batian nos ensaios dela de minyo. Era na rua Galvão Bueno, mas não lembro qual era a casa. Sei que a gente subia uma escada, e era um salão onde os odissans e obassans ficavam cantando minyo e tocando shamisen. E eu ficava lá passando tempo, comendo (muito) doce e ouvindo as musiquinhas!!

Tambem lembro que ela me levou um dia no Ikoi-no-Sono. Ela sempre visitava os velhinhos do Ikoi, levando docinhos e salgadinhos. Fui pensar nisso dia desses, porque estava remexendo em umas coisas dela (minha batian morreu há 2 anos), e encontrei uns caderninhos, onde ela escrevia varias coisas – em japonês.

Pena que eu não saiba ler (quem mandou fugir da escola??), mas deu para entender algumas frases. E ela estava falando naquele trechinho sobre as visitas ao Ikoi e ao Kibo-no-Ie. É engraçado pensar que numa família "noiada" como a minha, em que todo mundo pensa no próprio umbigo e ninguém – repito – ninguém – faz trabalho voluntário, eu mesma acabei entrando nesse caminho do bem, da solidariedade. E sou feliz. Muito feliz!

Outra coincidência: apesar de ser muito ausente, ainda sou diretora do Ikoi, não é mesmo? Mas ando muito ausente. Ai ai ai...é tanto trabalho voluntário que às vezes não dou conta mesmo. Por mais boa vontade que eu tenha, não dá pra largar minha vida profissional – e pessoal – por causa do trabalho voluntario. Já fiz isso por longos anos, e não posso mais me dar ao luxo de ficar empacada na vida. Serei muito mais útil à sociedade como milionária!

Bem, nessa semana trabalhamos, eu, K. e A, juntas, na divulgação de 8 eventos culturais ao mesmo tempo. Sugoi desu ne...e ainda terminei a revista da Aliança, e fiz um monte de outras coisas. Foi uma semana de muito esforço, horas incontáveis ao telefone e muito bom humor e conversas. E nesse final de semana tem BUNKA MATSURI - participe!! www.bunkyo.org.br. Vai sair na Vejinha!! Eba!! Eba!! Sucessoooo!!

Ontem fui jantar temaki de salmão, cebolinha e maionese no Okuyama. Hum. Muito bom! E meu namorado pediu o lamen especial. Muito bom tb. E para encerrar, vi uma noticia linda no SPTV agora mesmo: um cachorrinho vira-lata caiu no rio Tamanduatei, mobilizou os bombeiros e o público, nadou com as capivaras, foi resgatado e no final, não foi para o maldito CCZ (onde poderia ser exterminado). Um borracheiro adotou o cachorrinho!! Que lindo, que lindo!! Existe esperança enfim!! Bjs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário