Pular para o conteúdo principal

Bagunça mental??

Realmente, tem certas coisas que eu nao entendo. Algumas pessoas sao muito criticadas, dizem que elas nao fazem nada. Mas tambem, como elas farao alguma coisa, se estao fora do mailing list da entidade? E toca a Erika anjo da guarda conferir os emails da enorme lista, pra checar quem foi esquecido pela secretaria. Ai ai...

Hoje tivemos a confirmacao que o Mauricio de Sousa vai fazer o desenho do mascote do Centenario. Eu tive a oportunidade de conhecer ele, tirar foto, conhecer o estudio todo e até ganhei revistinha, foi um luxo só. Acho que essa visita com o K. e o J. já valeu todo trabalho voluntario aqui no Centenario, desde o inicio. Foi muito legal, vou procurar as fotos pra postar no blog.

Estou aqui escutando musiquinhas no meu mp3 querido, e arrumando minha agenda.Hoje devo ter falado com umas 40 pessoas - no minimo - e acabei fazendo uma bagunça enorme no meu caderno. Ultimamente, de tanto trabalho e estafa, se eu nao marco que falei com voce aqui no meu caderno, eu vou esquecer que falei com voce - e logico - esquecer o assunto tambem.

E isso é ruim, especialmente se voce é assessora de imprensa e precisa dar retorno para o jornalista. Mas continuo com uma memoria prodigiosa - decorando numeros e endereços com a mesma facilidade com que tomo uma coca-light. Acho que essa parte de esquecer as ligacoes é por causa da correria mesmo, nao dá tempo de me concentrar em cada ligacao. E na segunda, as 6 horas, o K. entra ao vivo no Bom Dia SP. E conseguimos JN, vamos torcer!

Pior é quando liga gente nada a ver, tipo uma moça que escreve pra uma revista de cachorrinhos. Ou o cara que quer saber pra onde foi o pai dele. Só sabe que chegou em 1908, e depois, nao sabe onde ele andou no Brasil. E eu lá vou saber? Se muito, o Centenario pode ter a ficha de embarque do passageiro. Depois que ele chegou aqui, ninguem ficou controlando quem ia pra onde, até porque teve muita fuga. O que passa pela cabeça das pessoas, pra fazer uma ligação interurbana pra perguntar uma coisa dessas?? ai ai ai santa paciencia....bjs. Erika

Comentários

  1. Pois é.
    Enquanto você se deslumbrava com o tratamento VIP que o mauricio te deu, mais de 200 artistas tinham seus trabalhos jogados no lixo.
    Erika, é tudo muito simples: não se pode tapar o sol com a peneira.
    Enquanto você toma fanta importada e ganha gibizinho, 200 pessoas que ralaram pra fazer desenhos para o concurso do mascote, acabaram sendo pisadas, enganadas e humilhadas.
    Pessoas que acreditaram na palavra dada pelos seus "chefes", que se submeteram de bom grado ao apelo que lhes foi oferecido...
    E que, agora, simplesmente foram descartados para que entrasse um amigão da colônia que tem relacionamentos políticos e fama.
    Ora, quero crer que você passou tempo demais servindo a senhores cujo interesse se mostra escuso e oportunista.
    Não está na hora de você descer de seu mundinho colorido e colocar a mão na (pouca) Consciência que lhe resta?
    Alguma satisfação precisa ser dada a todo esse pessoal ou no mínimo um pedido de desculpas, como manda a tradição japonesa.
    Ou devo pensar que os valores nipônicos como honra e respeito foram jogados no lixo, junto com todo o sacrifício que os seus antepassados passaram neste país?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Presos na gaiola

Acabei de ler 2 vezes o livro da Mirian Goldenberg. Muitas reflexoes e inspiração para escrever alguns posts. No livro, a Mirian fala do sociólogo Zygmunt Bauman, para quem existem dois valores absolutamente indispensáveis para uma vida feliz: segurança e liberdade. Segurança sem liberdade é escravidão. Liberdade sem segurança é o caos.


A questão é, como nós, brasileiros, podemos nos sujeitar a viver sem segurança nem liberdade? Esses dias fiquei em Gramado, que é o destino turístico mais seguro do Brasil. Faz muitos anos que nao sentia essa sensação tão maravilhosa e reconfortante de plena segurança. Muita felicidade.


Poder andar na rua tranqüilamente, livre, de dia, de noite, de madrugada, sabendo que nada de ruim pode te acontecer. Tendo a sensação de que tudo está seguro e tranquilo. Sabendo que voce pode ir e voltar para o hotel a pé, sempre em segurança.


O valor disso é incalculável, e os cidadãos de Gramado se orgulham muito de terem uma cidade segura. Pelo que me falaram, qu…

Circularidades

Passei mais de dois anos sem atualizar esse blog, não sei exatamente o motivo, mas sempre sentia vontade de voltar a postar. Quando leio meus posts antigos, posso perceber claramente o quanto eu cresci e me desenvolvi em todos os sentidos nesses anos de distância. E acho que isso é o mais bacana de mantermos um blog: poder elaborar um registro do que a gente pensa e sente, ao longo de muitos e muitos anos. Tenho até vergonha de alguns posts muito bobinhos, mas no geral, esse blog refletiu como eu penso e como me movimento no mundo.
A vida anda muito completa e feliz para mim em todos os campos: pessoal, profissional, emocional, familiar, espiritual, amoroso, enfim, acredito que consegui alcançar um equilíbrio muito buscado. Continuo trabalhando pra caramba como sempre, mas refletindo comigo mesma, creio que sempre fui assim e sempre serei. Gosto mesmo de trabalhar e de me envolver em diversos projetos ao mesmo tempo! Agradeço ao universo por ter permitido tanta felicidade e coisa boa…

Reuniao com tubarão

Eu sou uma pessoa muito meticulosa, pratica e organizada. Quer que eu odeie uma pessoa, mesmo que seja só um pouquinho? Simples, é só essa querida pessoa marcar uma reunião comigo de ultima hora, no mesmo dia. Porque a minha agenda é TODA feita com antecedência, eu planejo minha semana, planejo cada dia e o que vou cumprir em cada dia em termos de metas e objetivos. Gosto de dar um "check" nas tarefas cumpridas no fim do dia. Sou assim: sou planejadora. Tenho plano A, B e C pra tudo.
Nesse cenário tao perfeitamente calculado, um compromisso de ultima hora altera toda minha rotina mental, e daí, acabo extremamente irritada. Entao se eu for realmente obrigada a ir em uma reuniao assim (sim, porque meu mundo não é cor de rosa, e assim como vc, tenho que engolir um monte de sapos), eu vou sair com pedras na mão, irritada, seca e nada disposta para uma negociação. 
Esse mês tive uma reuniao assim. Eu fui lá praticamente obrigada. E foi uma ocasião bem ridícula, pq a pessoa só chamo…