terça-feira, abril 29, 2008

O dia em que me tranquei no karaoke

Tenho uma técnica super hiper eficiente pra controlar todos os meus niveis de estresse - conscientes ou subconscientes. Vou no karaoke box, me tranco lá por uma ou 2 horas cantando sozinha, e daí, todas as minhas preocupações, neuras e chiliques vão embora. Eu fiz isso faz um tempinho e preciso ir de novo, porque meu nível de trabalho está totalmente fora de controle.

Por exemplo, as pessoas normais trabalham das 9 as 17, né? Eu trabalho até 9, 10, 11 horas da noite. Toda noite fico aqui fazendo hora extra nao remunerada. E parece que quanto mais eu faço, mais aparece. Sinceramente, eu nao sei se isso é bom ou ruim. Acho que deve ser bom...hihihi...porque as pessoas ocupadas sao as mais produtivas. E tambem, são só mais 50 dias - hahahahahaha....depois do Centenario, vou passar uma semana no meio do mato, isolada do mundo e de todos!!!

Bom, nessas semanas de sumiço virtual, o que eu fiz de diferente? Ah, cortei o cabelo, comprei um sapatinho dourado, fui no Outback e no DAMP Sorvetes!! Encontrei o sr. N e esposa na pastelaria Yoka (surpresa total). E tambem atendi a Marina Person e o Léo Madeira do Top Top MTV. Fiz muitas matérias, escrevi pra caramba nos ultimos dias (até estava com saudade do meu lado reporter - hehehehehe). Assisti muitos filmes, inclusive Leoes e Cordeiros, que me fez refletir muito sobre o que exatamente eu contribuo para o mundo atualmente, e como posso contribuir mais.

Tambem disseram que a minha voz demonstra que eu tenho um bom coração (??). E está finalmente comprovada a importancia de atendermos o telefone com um sorriso e alto astral!! Faz realmente toda a diferença!! Hahaha...ai ai...chove lá fora (muito muito) e a minha cachorrinha Sasha deve estar maluca em casa. Como eu queria poder me teletransportar. Bjs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário