sábado, março 12, 2011

Tsunami no Nihon

Estou muito triste e preocupada com toda essa tragédia que esta acontecendo no Japão. Ainda nao consigo acreditar nas imagens que passam na TV, como na TBS. Na noite de quinta, antes desse pesadelo todo, fomos pela 1a vez no Quintal do Bras, na Vila Mariana. Muito lindo, comemos pizza (deliciosa), pannacota (maravilhosa), nos divertimos, rimos muito...ou seja, fui dormir feliz. Mas na sexta-feira, quando acordei, me assustei - muito - vendo as imagens do tsunami e do jishin (terremoto). Fiquei abalada, como no dia 11 de setembro, em que estava trabalhando na redação de um jornal. Acho que todo mundo que é um ser humano e tem sentimentos se preocupa quando vê esse tipo de tragedia afetando outras pessoas inocentes.

Então me preparei rapidinho e fui pro Kenren sem comer nada. Quando cheguei lá tomei outro susto, porque o telefone nao parava!!! Eram jornalistas de todo Brasil pedindo contatos, informações, depoimentos...para fazer o trabalho que eles precisam fazer, que é reportar. Me deixou muito incomodada quando alguns deles me falaram que tinham ligado em outras entidades e tinham sido mal tratados. Inclusive entidades oficiais. Vamos falar a verdade, porque japones, em geral, nao dá muito valor para a imprensa e nao entende a importancia de levar as infos ao público da melhor maneira possivel. Nao entendem pra que serve uma assessoria de imprensa. Então eu tb comecei a ajudar, mesmo nao sendo minha função. Por que?? Porque alguem precisava ajudar né. Simples assim.

Daí começou um dia maluco, no qual o telefone nao parava de tocar, e a gente assistindo a NHK e TBS ao mesmo tempo, tentando decifrar o nihongo que os apresentadores falam (ainda bem que temos o Ito-san rsrsrsrsrsrsrs) e buscando informações pra ajudar os jornalistas. Resultado?? Eram 8 horas da noite, e eu tinha tomado 1 copo de agua e comido 1 bolinho Panfi. Entao fechei o dia, encerrei atendimento no escritorio e fui pro shopping comer filé de frango a parmegiana no Bon Grille. huuuuuummm!!! Acredita que quase 11 horas da noite, recebi outra ligação, mas nao deu pra ajudar?? Caramba!!

Hoje, acordei cedinho e fui pro Kenren de novo pra atender mais jornalistas. O que me deixa mais perturbada é ver que as areas atingidas tinham plantações, eram perto do litoral, locais pacificos...muitos velhinhos deviam morar lá...muitas crianças, muitas mães e pais. A lista de vitimas passa na NHK e me dá um aperto no coração...tadinhos dos odissans e obassans. Nao tiveram como fugir dessa tragedia toda, nao tiveram tempo. Eu fico muito, muito, muito triste quando penso nas vitimas. E agora ainda tem a usina nuclear em Fukushima, e mais terremotos. Vamos rezar para que tudo melhore e vamos ajudar na campanha de reconstrução. Obrigada e bjs!

Nenhum comentário:

Postar um comentário