quinta-feira, fevereiro 09, 2012

Gestos de nobreza

Esses dias eu vivi um conflito ético, aliás, eu vivo enrolada nessas coisas pq prezo muito meus valores e minhas proprias guidelines, que são bem demarcadas. A questão era a seguinte: devo ser nobre com alguém que nao foi nobre comigo?? Porque estava na minha mão ajudar essa pessoa ou deixá-la para trás. Lógico, para a maioria dos seres humanos seria facil decidir. Fui até aconselhada a fazer isso. É só passar por cima e pronto. Pra mim não.

Fiquei pensando nessa questão um dia inteiro, e no final do dia, decidi realmente ajudar, mesmo que a pessoa nem saiba que fui eu quem a ajudou (pois é, ainda tem isso, se eu nao ajudasse, ela também não iria saber...haha...). Mas tudo bem. Sabe por que eu tomei essa decisão de ajudar quem não me ajudou no passado?

Porque nao importa se o outro sabe ou não que eu sou uma pessoa nobre, que eu ajudei ou não. Não importam os valores desse individuo nem a opinião dele sobre mim. Eu sei que eu tomei a atitude mais correta possível e é só isso que importa. As nossas ações valem muito mais do que as palavras. Se eu quero ser uma pessoa nobre, tenho que manter ações condizentes com os meus valores. Tenho a minha consciência tranquila porque fiz mais do que deveria ter feito, ajudei o mundo a buscar mais equilibrio. Isso que importa na vida - seguir firme no seu próprio caminho. Bjs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário