quarta-feira, novembro 14, 2012

Totalmente des-culpada

Stutghost
Estava trabalhando num projeto com um cara babão, folgado, chato, impertinente e que se acha a ultima bala do pacote (ainda por cima). Juro que tive muita paciencia com ele, mas resolvi largar o projeto, porque nao vou mais trabalhar em coisas que nao acredito e metodos que nao aprovo. Sinceramente, trabalho nao me falta, sou excelente no que faço, e o motivo para isso é que me dedico de coração. Como dedicar-me de coração em algo que nao acredito? Com uma pessoa que quero distancia?

"Ah erika, vc esta sendo idealista. Você tem empresa, tem que pagar conta, impostos, como vai dispensar projetos?". Pois vou mesmo dispensar esse cliente e nao sinto culpa nenhuma por isso! Ultimamente entendi que nao devo aceitar a critica dos outros, nao devo me criticar e também nao vou assumir culpas que nao sao minhas. O cara é um babaca e nao consegue fazer o projeto dele funcionar. O problema é dele, a culpa nao é minha e nao vou carregar culpa pelos outros.

Essa "vibe" esta sendo muito importante porque eu nao aceito mais as coisas como elas eram antes. A erika de antes ia ficar chorando, pensando mil vezes no projeto, no quanto eu trabalhei, "tadinho do cara", etc etc etc. Eu tentaria salvar, sozinha, o projeto todo. Hoje eu sei que o que é da minha responsabilidade eu cuido. Oque é da responsabilidade dos outros, é dos outros, nao é meu.

Algumas pessoas podem estar achando que ultimamente tenho ficado mais egoísta. Que nada, o problema é que antes era totalmente altruísta, 100% coração, me ferrando pelos outros. A verdade é que nao carrego mais ninguém nas costas. A diferença é que nao faco mais isso. E nao sinto mais culpa por nao ajudar os outros 100%, porque antes eu ajudava e me prejudicava. Tantos meses que dediquei nesse projeto e o bobão fica mandando email falando mal de mim pra M, e falando mal da M pra mim? Puxa, nao ofende a minha inteligência né....

O mais engracado é que ele perguntou assim: "Erika, o que eu fiz pra voce pra vc mudar tanto, me odiar tanto?". E eu respondi: "voce nao fez nada, a vida fez. A vida muda todos os dias! Eu mudei! ". Eu nao odeio esse cara por mais intragável que seja, nem ninguem, porque nao vou carregar peso extra no meu coracao. Porque quando você odeia, você leva a pessoa dentro do seu coração. Socorro, isso eu nao quero pra mim! Prefiro levar uma vida leve e totalmente sem culpas. Bjs!

Nenhum comentário:

Postar um comentário