quinta-feira, janeiro 24, 2013

Assisti "A Viagem"

Por mais que a critica tenha falado mal do filme, eu precisava assistir "A Viagem", com o Tom Hanks e a Halle Berry entre outros, porque eu realmente acredito que cada ato de bondade, e cada ato de maldade, repercute na nossa vida e na vida dos outros, hoje, amanhã e sempre.

Justamente por acreditar nisso, eu procuro viver uma vida de acordo com meus principios, sem causar mal e tentando ajudar quem aparece no meu caminho. E o filme foi interessante para mim, fez sentido pessoalmente. Bom, como meu amigo falou que era muito longo, eu fui sozinha mesmo, e gostei!!

Os mesmos atores aparecem em épocas, personagens e histórias diferentes. Confesso que é meio dificil de acompanhar, porque vai e volta, volta e vai e assim por diante (3 horas né gente!!). A parte do velhinho maluco é engraçada. A trama da NeoSeoul achei bem elaborada, questionando vários conceitos da sociedade atual, e a história de amor da musica Cloud Atlas, do Sixmith e do Frobisher, nossa, achei lindo!!

Mas a parte que mais gostei foi a história em que o moço está doente, num navio voltando pra casa, e o médico que devia salvá-lo, está tentando matá-lo para ficar com todo o dinheiro. Um escravo fugitivo salva o moço, e ele decide largar o contrato da empresa de escravos, e se unir à causa abolicionista.

O dono da empresa, que aliás é o sogro dele, questiona: "pra quê fazer isso, voce vai ser só uma gota no oceano, nao vai fazer diferença, vai desperdiçar sua vida!!". E ele responde. "o oceano é formado por milhões de gotas, e cada gota faz diferença". Eu também acredito nisso. O bem que eu tento fazer é uma gotinha no oceano, e juntando com todas as demais gotinhas, pode fazer a diferença no final. Nisso eu acredito firmemente. Sei que (ainda) faço pouco, mas sou parte desse oceano.

No final do filme, eles colocam uma legenda tipo "não vá embora ainda, espere para ver quem é quem!", porque com tantos efeitos de maquiagem, realmente fica dificil diferenciar os atores!! Por exemplo, eu nao tinha percebido que o Hugh Grant era o chefão dos canibais horrorosos. E que a Halle Berry era o medico que tira a coleira da Soonmi. Em resumo, é um filme que fez sentido pra mim, na minha busca pessoal. Bjs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário