terça-feira, janeiro 29, 2013

Tá certo? (Ou errado?)

O velhinho na reuniao tem um cacoete muuuuuuuuuito chato. Ele fica falando "tá certo" no final de cada sentença. "O problema é esse, tá certo? Nesse tipo de projeto, tá certo? O ativo, tá certo?". Que coisa mais chata! Enche o saco escutar esse velhinho!

Eu sei que minha pronuncia nao é perfeita, que tenho voz de menininha, que de vez em quando (ou seja sempre) eu puxo o "rrrrrrrr" mas pelo menos nao tenho esse tipo de vicio de linguagem, que atrapalha bastante na hora de fazer uma apresentação.

Dai no final da reuniao os dois moços estao tomando café lá fora e me perguntam: "Erika, diz, como voce agüenta????" Hahahahaha...a minha resposta é simples: atitude mental positiva. E eles: "bota atitude mental positiva nisso!" Kkkkkk....

O segredo é manter a calma, e eu sempre mantenho a minha. Em dias normais, NADA me abala. Nada mesmo. Eu vou sempre manter meu equilibrio. Logico que isso fica mais dificil nos dias em que estou com pensamentos de baixa freqüência (semana passada por exemplo, nao estava numa boa vibe. Agora estou super bem de novo!)

Tudo na vida é uma questão de escolha. Eu posso escolher ter pensamentos de baixa freqüência, ou seja, de desanimo, magoa, tristeza, ou entao pensamentos de alta freqüência, como entusiasmo, alegria, felicidade, garra. Eu posso escolher entre manter a calma em todas as situações, ou perder a calma por qualquer bobagem. Eu posso escolher ir atrás e acreditar em algo, ou simplesmente desapegar.

O que importa na vida sao as escolhas que fazemos. Eu sei que os velhinhos são um porre, mas tem certas coisas que eu quero fazer e nao tenho credibilidade/porte para fazer sozinha, entao para isso precisamos de uma entidade para ficar na liderança do projeto. Quando conseguirmos realizar, será um evento que trará muita alegria e felicidade para as pessoas, divulgando a cultura japonesa. Quer coisa melhor do que lutar para realizar nossos sonhos? Eu nao conheço nada melhor do que esse sentimento de realização. Bjs!

Nenhum comentário:

Postar um comentário