quinta-feira, março 20, 2014

Porque o mundo não precisa gostar de mim

"Olha Erika, nao sei o que aconteceu, mas aquele cara realmente não gosta de você". Esse foi o inicio de uma conversa + reuniaozinha que tive há uns dias. O engraçado é que não me importo (mais) se as pessoas gostam ou nao de mim, mas eu acho que sei exatamente oque aconteceu. Esse "cara" que nao gosta de mim, na verdade, gosta (muito) de mim (talvez até inconscientemente), mas a raiva que ele sente por mim, vem do fato de eu não sentir raiva dele. Porque eu não sinto raiva de ninguém. 

Felizmente, graças aos caminhos que escolhi, estou num estagio espiritual mais elevado que a maioria das pessoas, não guardo rancor, magoa, ressentimento, não carrego bagagem pesada. Não estou dizendo que sou uma mini-Dalai Lama, mas eu consigo me desapegar das coisas ruins que me acontecem, muito fácil e rapido. Nao fico remoendo coisas passadas ou futuras, nao rebato, ando desarmada. Então a pessoa pode (tentar) fazer mal pra mim, mas nao vou carregar isso no meu coração, pq isso envenena a alma. Prefiro ser livre, leve e saudável.

Por isso que eu, sinceramente, nao sinto nada por essa pessoa. Nem sentimento bom, nem ruim: pra mim é alguém que simplesmente, não faz parte da minha vida. E a indiferença, dizem, é pior que a raiva. E daí, a pessoa deve observar como eu lido - sempre com muito carinho - com meus amigos, conhecidos, até desconhecidos, e pensar: "Porque nao sou tratado assim?". E sentir muita raiva de mim. O que tenho a dizer sobre isso? Simples. "Sou um ser espiritualmente superior. Beijinho no ombro!" :)

Logico que eu sou uma pessoa compassiva, tenho (muita) pena dessa pessoa, mas cada um tem que seguir seu caminho na vida. E o caminho, cada um descobre sozinho. Nao sou guru espiritual pra ficar apontando a solução e nao carrego mais problema de ninguem. Então, "pessoa que nao gosta de mim", caso vc fique me stalkeando no Google, não adianta pedir pra ser meu amigo no facebook, nao vou aceitar a solicitação! E nao adianta falar mal de mim por aí, porque meu trabalho e minha reputação falam por si. Infelizmente, nem assim vc me atinge. Porque eu nao abro espaço pra coisas ruins na minha vida. E as pessoas que fazem o mal, recebem o mal de volta, sabe?

Meu querido (e único) leitor, você pode até perguntar pra mim, quais são os motivos que fazem com que eu corte uma pobre pessoa das minhas relações pessoais, com tamanho grau de indiferença gélida e cortante? Desonestidade, injustiça, corrupção, maldade, ganância, são coisas que com certeza, quero bem longe de mim. 

Pessoas do bem costumam se cercar de pessoas que tambem fazem o bem, entao esse é um requisito essencial. Mas essa pessoa, em especifico, fez algo que eu não aceito de forma nenhuma: desrespeitou um voluntário. É algo que realmente não tolero e não sou conivente. Certamente, essa é a maneira mais fácil de se distanciar da minha maravilhosa e agradável pessoa. Hahaha...sem querer agradar a todos, seguimos vivendo com leveza e energia positiva. Bjs!

Nenhum comentário:

Postar um comentário