Pular para o conteúdo principal

20 anos de muito trabalho voluntário!

Eu confesso que achei que a festa tinha sido até cancelada, porque ninguém mais falou sobre (rsrsrs), mas será nesse sábado a festa de 20 anos do Seinen Bunkyo! 

A Comissão de Jovens do Bunkyo começou em 1997, fundada pelo Marcelo Hideshima e uma grande equipe. Eu entrei em 1998, mais ou menos na época da Festa do Verde, que é em setembro. Quem diria que aqueles primeiros eventos como voluntária me fariam chegar até aqui hoje? 

Dizem que o único lugar onde sucesso vem antes de trabalho é no dicionário. E eu concordo absolutamente com isso, porque nesses 20 anos, a gente trabalhou muito! Ralamos pra caramba, com todo tipo de evento que você possa imaginar. A minha primeira participação foi na Festa do Verde, limpando mesa, carregando caixa, atendendo o público. A gente era especialista em bingo e baiten (venda de bebidas), além da Revi (encontro de jovens líderes). E fazíamos um monte de coisas!

Com uma equipe tão maravilhosa, aos poucos, fui crescendo e me desenvolvendo na comissão, e ocupei várias pastas como diretora até chegar a ser presidente em 2004. Estamos falando de 2004 gente, olha que absurdooooooooo! Pra mim parece que não passou tanto tempo! A gente era totalmente maluco! A nossa casa era o Bunkyo, passávamos os finais de semana enfurnados nas salas, fazendo planejamento, distribuindo trabalhos, criando equipes. Em algumas épocas tivemos mais de 200 voluntários, e mais de 30 equipes, era uma coisa tipo "RH" de empresa, que a gente chamava de "Gestão de Talentos", por influencia do nosso presidente, 3M. Até nisso fomos pioneiros!

Aprendi muito sobre trabalho duro, sobre motivação, resiliência, como lidar com frustrações e também especialmente, a como lidar com pessoas. Hoje, olhando pra trás, consigo perceber de forma clara que cada barreira que a gente encontrava nos tornou mais fortes e melhores. Mesmo que na época, não parecesse assim. Hoje eu enxergo as lições, como disse o Steve Jobs: olhando pra trás, a gente conecta os pontos e tudo faz sentido.

Eu errei MUITO, e aprendi muito mais. Porque o seinen foi uma escola pra mim e pra todos, onde a gente podia experimentar e ousar, porque se errássemos, estava todo mundo junto, e ninguem seria penalizado porque éramos uma equipe verdadeira. Acho que em todos os trabalhos voluntários que eu assumi depois do Seinen Bunkyo, eu sempre tentei criar algo parecido com aquilo que desenvolvemos durante a gestão do 3M: uma familia unida, de amigos que se respeitam e se apoiam em tudo. Acho que aprendi bem a lição!

Eu sorri e me diverti demais em tantos eventos, adorava vender cartelinha de bingo e montar as preparações dos bazares. Como é bom voltar pra casa depois de um dia corrido, todo empoeirado, sujo e com fome, cansado fisicamente mas feliz por dentro, tomar um banho e poder dizer pra si mesmo quando vc enfim desmaia na cama: 'hoje eu ajudei alguém". Não existe sensação melhor nesse mundo! Sério! 

Mas nem tudo foi tão bom. Também chorei muito com dificuldades que na época, ainda imatura, não entendia. Aquilo me quebrou por dentro. Com isso me desmotivei, depois me motivei de novo e acabei assumindo outras batalhas, porque entendi que meu período no seinen tinha acabado. Hoje, eu ainda me sinto em casa no Bunkyo, mas quando vou no seinen, não sinto mais que pertenço naquela sala, porque hoje o clima é diferente, afinal 20 anos passaram né! Mudou a comunidade, as motivações, os objetivos, enfim...tudo! Mas as memórias que formamos estarão sempre no coração! E o meu desejo é de todo sucesso e muitas realizações e conquistas para o atual grupo da Comissão de Jovens do Bunkyo. Gambarimashou!



Comentários