Pular para o conteúdo principal

Escândalo!!

Nao, o escandalo nao é a eleição do Bunkyo (que aliás, acontece amanhã). Escandaloso é terem prendido o Tsuyoshi Kusanagi, do SMAP, bêbado e pelado nas ruas de Tokyo! Sinceramente, nao acredito! Na foto, o Kusanagi é esse menino à direita, mais magrinho e de cabelo curto.

O SMAP é tipo "o simbolo" das boy bands do J-Pop. Eles sao sobreviventes da decada de 90 e mantém sucesso e fãs até hoje. Quem nao conhece as musicas do Smap? Eles influenciaram toda uma geracao de seguidores. Quem gosta de Jpop conhece SMAP!

O Takuya Kimura é o homem mais sexy do Japao (foi eleito, nao sou eu que estou dizendo isso...). Aparecem em todos os programas de TV - tem seus proprios programas de TV. fazem propaganda até das campanhas do governo. E agora o Kusanagi é preso, bêbado e pelado, atentado ao pudor? Nao pode ser! Shinjirarenai!

Falei pro meu namorado, é quase inacreditavel por causa do apreço que as "celebridades" japonesas tem pela propria imagem. Logico, nao acompanho o dia-a-dia das fofocas japonesas, que eu sei que tem, mas a principio, eles sao muito cuidadosos com a auto-imagem perante ao publico e aos fãs. Por isso é escandaloso. Já imaginou aqui, se alguem como o Rodrigo Santoro aparece pelado na rua? Que escandalo seria? Pois é, isso que representa a prisao do Kusanagi! E agora, ele vai ter que abaixar a cabeça e pedir zilhoes de desculpas. Tadinho.

O mais engraçado é que aqui no Brasil, tem gente que deveria abaixar a cabeça até o chão e pedir desculpas por ter feito coisas muito piores, mas continua por aí, flanando, se fingindo de importante, se fazendo de "autoridade", achando que ninguem viu, ninguem vê. Acho isso muito pequeno, muito baixo e em uma palavra, resumo o que essas pessoas deveriam ter: VERGONHA. MUITA VERGONHA.

E tenho certeza que essas mesmas pessoinhas estarão amanhã, às 7h59, na portinha do Bunkyo, para acompanhar a eleição do nosso novo grandissimo presidente do Bunkyo - a Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa (e Assistencia Social). Por isso mesmo nao vou. Sinceramente, nao entendo algumas coisas. Por exemplo, fico pensando pra que uma pessoa perde seu tempo precioso pra escrever um artigo e colocar no jornal desancando um candidato. Que alma magnifica faz isso? Deixa o Ogawa! Deixa o Kita! Deixa eles em paz!

Para mim, tanto faz. Kita, Ogawa, sao todos representantes de um mesmo "stablishment" (olha que palavra chica!). Nao tem nada revolucionario nisso. Ganhando um, ou o outro, as mudanças serao minimas, se é que haverão. Eu gosto dos dois. Se o Ogawa ganhar, mais chances de alguma mudança. Se bem que ele escolheu vices caquéticos, que já estao virando a curva da estrada. Já o Kita-san escolheu 2 jovens, o Shira e o Jay. Tá vendo como ambos tem coisas positivas??

Mas eu nao vou perder meu sábado lindo e maravilhoso pra acompanhar essa disputa, além do mais, teria que ver pessoas que eu nao quero (ou espero) nunca mais ver na minha vida. Vou é passear!! Boa sorte aos candidatos. Vou ajudar quem quer que ganhe a disputa. E desejo que o novo presidente do Bunkyo fique "pelado" de preconceitos e tenha muito sucesso, porque a missao é dura e dificil. Bjs.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos na gaiola

Acabei de ler 2 vezes o livro da Mirian Goldenberg. Muitas reflexoes e inspiração para escrever alguns posts. No livro, a Mirian fala do sociólogo Zygmunt Bauman, para quem existem dois valores absolutamente indispensáveis para uma vida feliz: segurança e liberdade. Segurança sem liberdade é escravidão. Liberdade sem segurança é o caos.


A questão é, como nós, brasileiros, podemos nos sujeitar a viver sem segurança nem liberdade? Esses dias fiquei em Gramado, que é o destino turístico mais seguro do Brasil. Faz muitos anos que nao sentia essa sensação tão maravilhosa e reconfortante de plena segurança. Muita felicidade.


Poder andar na rua tranqüilamente, livre, de dia, de noite, de madrugada, sabendo que nada de ruim pode te acontecer. Tendo a sensação de que tudo está seguro e tranquilo. Sabendo que voce pode ir e voltar para o hotel a pé, sempre em segurança.


O valor disso é incalculável, e os cidadãos de Gramado se orgulham muito de terem uma cidade segura. Pelo que me falaram, qu…

Circularidades

Passei mais de dois anos sem atualizar esse blog, não sei exatamente o motivo, mas sempre sentia vontade de voltar a postar. Quando leio meus posts antigos, posso perceber claramente o quanto eu cresci e me desenvolvi em todos os sentidos nesses anos de distância. E acho que isso é o mais bacana de mantermos um blog: poder elaborar um registro do que a gente pensa e sente, ao longo de muitos e muitos anos. Tenho até vergonha de alguns posts muito bobinhos, mas no geral, esse blog refletiu como eu penso e como me movimento no mundo.
A vida anda muito completa e feliz para mim em todos os campos: pessoal, profissional, emocional, familiar, espiritual, amoroso, enfim, acredito que consegui alcançar um equilíbrio muito buscado. Continuo trabalhando pra caramba como sempre, mas refletindo comigo mesma, creio que sempre fui assim e sempre serei. Gosto mesmo de trabalhar e de me envolver em diversos projetos ao mesmo tempo! Agradeço ao universo por ter permitido tanta felicidade e coisa boa…

Reuniao com tubarão

Eu sou uma pessoa muito meticulosa, pratica e organizada. Quer que eu odeie uma pessoa, mesmo que seja só um pouquinho? Simples, é só essa querida pessoa marcar uma reunião comigo de ultima hora, no mesmo dia. Porque a minha agenda é TODA feita com antecedência, eu planejo minha semana, planejo cada dia e o que vou cumprir em cada dia em termos de metas e objetivos. Gosto de dar um "check" nas tarefas cumpridas no fim do dia. Sou assim: sou planejadora. Tenho plano A, B e C pra tudo.
Nesse cenário tao perfeitamente calculado, um compromisso de ultima hora altera toda minha rotina mental, e daí, acabo extremamente irritada. Entao se eu for realmente obrigada a ir em uma reuniao assim (sim, porque meu mundo não é cor de rosa, e assim como vc, tenho que engolir um monte de sapos), eu vou sair com pedras na mão, irritada, seca e nada disposta para uma negociação. 
Esse mês tive uma reuniao assim. Eu fui lá praticamente obrigada. E foi uma ocasião bem ridícula, pq a pessoa só chamo…