terça-feira, agosto 08, 2006

Ai que sono...

Acabei de ler nesse fim-de-semana o Sandman - The Dream Hunters, do Neil Gaiman com desenhos do Yoshitaka Amano. Achei muito legal! O Gaiman encontrou por acaso uma antiga historia japonesa chamada "A Raposa, o Monge e o Micado dos Sonhos", e descobriu muitas semelhanças (estranhas coincidencias) entre o Rei dos Sonhos e o enredo do Sandman.

Dai ele resolveu fazer uma revista comemorativa dos 10 anos da serie, convidou o ilustrador japones Amano e fez uam releitura da historia classica japonesa. É a historia de amor de uma raposa que se transforma em mulher e um monge que nao tem medo de nada. O mestre do Yin-Yang acaba descobrindo o monge, e manda matá-lo para nao ter mais medo (ele morre de medo de tudo). Dai entra o Rei dos Sonhos no meio da historia. Logico que nao vou contar mais. Vale a pena pegar o livro só para ver as ilustrações do Amano, sao fantasticas!!

Agora, graças à biblioteca, estou lendo "A Chave", de Junichiro Tanizaki, e Reframing Japanese Cinema, aproveitando a overdose de cinema que felizmente estou vivendo. Os filmes que ando assistindo sao muito bons. Só falta ir mais no cinema em si. Pipoca, refri, aqueles filmes bobos e hollywoodianos...fazem falta de vez em quando. Acho que estamos acostumados com o baixo nivel.

Bem, hoje trabalhei pra caramba. Acordei de manhã e fui na fundação, falei com jornalistas japs, depois Kenren, depois almocei, ou melhor, fui convidada pra almoçar. E foi um almoço muito bom, o melhor do mês disparado: fomos num restaurante perto do Bunkyo pra comer chicken wafu (ou washu, wachu, sei lá). Era um teishoku com frango frito que vc passa no molho ponzu, com muito arroz, misoshiru, tofu, saladinha, hontoni oishikatta desu!! Recomendo, é o Kidoairaku, em frente ao Bunkyo.

Dai resolvi muita coisa da Mostra de Documentarios (imprensa), e do Festival (pendencias) e voltei pra trabalhar no escritorio, e depois saí novamente, pra assistir um curso sobre a arte japonesa contemporanea. Sinceramente? Dormi na aula. A professora tem uma voz tao doce, tao melodiosa, que me faz relaxar e ter muito sono!! Ja tinha reparado isso em outra palestra dela. É dificil, viu?? E hoje tivemos varios ataques do PCC, mas acredita que eu nem me toquei? Jornalista antenada é assim mesmo. Bjs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário