sábado, outubro 13, 2012

E se a vida fosse diferente?

Estava querendo ir ao cinema e vi esse filme, "A Vida de Outra Mulher", com a Juliette Binoche (que eu adoro), numa sessão cult. Perfeito, entao fui assistir sozinha.

No filme, a Juliette é Marie, 40 anos, que acorda um dia e descobre que esqueceu os últimos 15 anos da vida dela. Ela se lembra do primeiro encontro que teve com o marido, está totalmente apaixonada por ele, mas a vida passou e muita coisa mudou nesse período.

Ela tenta se adaptar à nova realidade, mas a Marie tem então a chance de reconquistar o amor da vida dela (o Paul) e redefinir as escolhas que ela tinha feito para a vida. Porque a vida é feita de escolhas. Depois de 15 anos, ela está multibilionaria, mas infeliz no casamento e na vida.

Ela ama tanto o marido, é tão apaixonada por ele, e nao entende como eles podem ter ficado tão afastados. Afinal, de que adianta todo o dinheiro e todo o sucesso sem amor?? Enfim, é um filme super romantico e encantador, recomendo! Puxa, se eu pudesse esquecer alguns anos da minha vida, voltar atras uns 2 ou 3 anos, eu gostaria muito...mas infelizmente, nao é assim que a vida funciona. Temos que seguir em frente com bastante energia positiva e fé. Bjs.

Um comentário:

  1. As experiências, tanto as boas como as ruins, são coisas que nos fazem o que somos.

    E devemos tirar proveito de tudo, de todas as lições que a vida nos passa...

    Porque isso é tudo o que levamos conosco, a nossa verdadeira bagagem...

    Se a gente errou, se fez bobagem, bola pra frente! É aprender com os erros, e tentar sempre melhorar como pessoas.

    É assim, não é? Não adianta chorar pelo leite derramado.

    A vida é isso, um grande aprendizado!

    ResponderExcluir