domingo, novembro 25, 2012

Um Alguem Apaixonado - ODIEI!

Fui assistir esse filme no Reserva Cultural porque obviamente, trabalho com cultura japonesa, e por isso, preciso acompanhar o panorama cultural japonês na medida do possível.

O começo do filme nao é assim tão ruim, mas depois ele vai piorando, desandando, se perdendo, até chegar no final mais ridículo que eu já vi. Sério, de todos os filmes, foi o mais ridiculo. Se bem que pelo menos, serviu para treinar o meu nihongo. hahaha...

Na historia, a Akiko é uma garota de programa que vai na casa de um velhinho, e no dia seguinte os dois vao para a faculdade dela, e lá eles encontram o namorado psico da moça. Basicamente é esse o enredo. Muito besta, preguiçoso e mal conduzido.

O principal problema, na minha modesta opiniao, enquanto nao-especialista em cinema, é que o diretor Abbas Kiarostami é iraniano. Ou seja, ele nao conhece a cultura japonesa nem a sociedade japonesa. Como transmitir uma verdade que você nao conhece, nao estudou e nao compreende? Por isso o filme é muito raso, nao te atinge, nao te convence, nao encanta. É um filme com roteiro preguiçoso, unilateral, que se prende aos estereótipos, enfim, um programa que eu nao recomendo. Existem filmes japoneses muito melhores que esse! Bjs.

Um comentário:

  1. Assisti esse filme apenas por causa da atriz (que eu já conhecia devido a participação em um Sentai), mas olha... Não sei bem como te dizer isso, mas até que gostei do filme.

    Não que eu considere o roteiro muito coerente (pois não é), mas creio que a obra não foi de toda ruim. - Pelo menos, a fotografia e trilha sonora foram impecáveis!

    ResponderExcluir