sábado, janeiro 25, 2014

Bela? Bonita? Cuidado com a inveja!

Descobri porque algumas (poucas) pessoas (=mulheres) me odeiam. É porque eu sou bonita! Uma pesquisa da Mirian Goldenberg perguntou o que as mulheres mais invejam em outras mulheres. A resposta mais comum foi a beleza, em primeiro lugar, com o corpo como segunda escolha. Tem também esse artido do Pondè na Superinteressante, um tanto machista mas com algumas reflexões interessantes: Mulheres, usem sua beleza para conseguir coisas (aliás, como assim???!!!).


Eu sei que tem gente que gosta realmente de mim, e outros que me detestam, sem motivo algum. Vivo bem com isso, não me importo com a opinião e nem com a vida dos outros. Mas compreendo que existem pessoas que nao gostam de mim, torcem contra, sentem inveja. Felizmente, vivo em um universo de energia positiva, oferecendo pouco acesso para essas pessoas pequenas, com baixa luminosidade de alma.


Tenho meu jeito especial de falar com as pessoas, procuro ser gentil com quem me procura. De qualquer maneira, agradar a todos é impossível. Antes, eu nao me achava bonita, nem merecedora. Hoje eu sei que sou bonita. E mais importante que o meu corpo, a minha alma é bonita, meu coração é bonito. Porém, mulher bonita também sofre. Preconceito, por exemplo. "Ela é bonita, não pode ser inteligente". "Ela é tão delicada, nao deve ser competente". Todos os dias, supero esse tipo de bobagem.


Sou julgada pela minha aparência, nesse mundo machista e misógino em que vivemos. Se quero usar uma roupa de executiva, eu uso. Se quiser sair de kimono na rua, eu saio. Se quero usar uma saia curta, que fica (muito) bem em mim, por que nao? Ninguem tem nada a ver com isso! Tenho um estilo diferente de outras mulheres, sei o que cai bem em mim. Gosto de cores, texturas, brilho, detalhe e modelitos justos (hahaha) e tenho o direito constitucional de ir e vir do jeito que bem entender!


De qualquer maneira, muitíssimo obrigada às pessoas que me acham bonita e torcem por mim. Demorei muito tempo para reconhecer e valorizar a minha beleza interior e exterior. E espero que esse processo de auto-conhecimento seja valido para voce também. Quanto mais a gente se conhece, mais luz e beleza entra em nossas vidas.


Muito engracado é saber que a única pessoa cuja opiniao sobre a minha aparência física importa pra mim, nao me elogia pela minha beleza ou meu corpo. "Voce acha que eu sou bonita?", pergunto eu. E ele responde laconicamente: "voce sabe que eu acho". E dai ele elogia minha inteligência, minha alegria, minha solidariedade, minha bondade. Nao o meu corpo, meu físico, minha casca. Ele reconhece em mim a beleza da pessoa que eu sou. E é assim que deve ser. Bjs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário