sexta-feira, outubro 31, 2008

Ai que odio!

Ai ai.

De vez em quando sinto um pouco de odio de algumas coisas, por exemplo:

1) gente que nao atende o celular, mesmo depois de ligar 24 vezes. E que alias, desliga o celular, que é pra nao atender mesmo, de pirraça.

2) gente que dorme até as 15h30 da tarde e acha isso normal.

3) gente que fica ligando pra outras pessoas que trabalham, só pra encher o saco e fingir que faz algo. E essa gente ainda consegue ser mal educada com pessoas tao admiraveis e que trabalham tanto.

Acho que essa sexta-feira nao está facil de passar. Bom, pelo menos falta pouco pra terminar a semana. hehehehehe.

Ontem foi a pre-estreia de Yamazakura. Foram umas 150 pessoas e tinhamos lugar pra 242. Isso que dá miguelar convite. Bjs.

quinta-feira, outubro 30, 2008

Abraçar as coisas com o coração

Ontem consegui assistir (de novo) MADADAYO, do Akira Kurosawa (o ultimo filme do mestre). É um filme lindo! Conta a historia da relação de admiracao, carinho e respeito entre um grupo de alunos e seu professor Uchida, durante longos e longos anos.

O sensei canta, dança, brinca, bebe (muito) sake e faz observacoes argutas sobre a vida e sobre as coisas do mundo. E ele tem um gatinho lindo que some, o Nora, e adota outro gatinho, o Kurz. E ele mora com a esposa num barraquinho, por causa da guerra, e depois os alunos se juntam para fazer uma casinha legal para o sensei. Os alunos chamam ele de "homem de ouro puro".

Sabe, seria muito legal se todo estudante pudesse assistir esse filme, para saber como construir uma relacao mais bacana com seus mestres. E que todo professor tambem assistisse, pra saber como respeitar e encorajar seus alunos. Isso é muito bacana nesse filme, que é mostrar o valor da educacao e do respeito para os japoneses - e para o ser humano em geral.

Eu nao tenho nenhuma relacao assim tao maravilhosa com algum professor que realmente me deu aula. Mas eu sinto muito disso com relacao ao prof. Kokei. Apesar de nunca ter tido aula com ele na USP, eu aprendi muito com ele aqui no Bunkyo e no Centenario. O professor Kokei é realmente um "homem de ouro puro" e aprendo sobre as coisas do mundo graças a ele. Todo dia ele ensina algo novo, é muito sabio, paciente e humilde. Se quando for velhinha, eu alcancar 10% da sabedoria dele, estarei feliz.

O final do Madadayo é um gran finale, como qualquer filme do Kurosawa. Super poetico. E o bacana é que muitos filmes japoneses fazem isso - contam a historia, e deixam para voce completar o final. Yamazakura tambem é assim.

Uma coisa que o sensei fala na ultima parte do filme, quando o professor ja esta com 77 anos, e os alunos comemoram o aniversario dele há 17 anos no "Maddakai", é que a gente tem que abraçar as coisas com o coração. Descobrir do que a gente realmente gosta, e depois que voce descobre, voce luta para conseguir alcançar. E se dedica com o coração. Essa é a maneira de fazer as coisas darem certo. Estou abraçando muitos projetos com o coracao, e desejo que tudo dê certo, para ajudarmos muitas pessoas! bJS.

quarta-feira, outubro 29, 2008

Bazar do Bem movimenta as compras de Natal no Bunkyo



Evento acontece em três finais de semana no prédio do Bunkyo, reunindo expositores e público. Campanha beneficente vai ajudar entidades assistenciais nipo-brasileiras.


Uma iniciativa solidária, criada com o objetivo de ajudar as entidades beneficentes. Em novembro e dezembro, acontece a 1ª edição do Bazar do Bem, um evento organizado para arrecadar recursos e doações para as entidades Kodomo-no-Sono, Kibo-no-Iê, Ikoi-no-Sono, Yassuragui Home e Centro Marta Kuboiama.

Bijuterias, roupas, brinquedos, artesanato, acessórios, decoração, enfeites natalinos e presentes em geral são produtos em destaque no Bazar, que deve reunir cerca de 30 expositores no prédio do Bunkyo, em três finais de semana, nos dias 08 e 09 de novembro (Salão Nobre), 06 e 07 de dezembro (salas 13 e 14) e 20 e 21 de dezembro (salas 13 e 14), das 10h30 às 19 horas.

O público vai encontrar produtos diferenciados, com preços especiais, diretamente trazidos pelos expositores. “Convidamos todos os amigos para fazerem suas compras de Natal no bazar do Bem, porque além de fugir do trânsito e do estresse dos shoppings, o visitante poderá conhecer de perto quem fabrica os produtos, e escolher presentes de Natal diferentes, selecionados com muito carinho”, explica Erika Yamauti, uma das coordenadoras do evento.

A idéia inicial do bazar do Bem era acontecer apenas no Natal de 2008, mas o interesse do público e dos expositores motivou a continuidade do projeto. “O fato de ser realizado no Bunkyo, que é uma referência única para a comunidade, ajuda bastante na divulgação e na motivação do publico para visitar o evento e ajudar as entidades. No ano que vem, por exemplo, estamos planejando uma edição de Dia das Mães e Dia dos Namorados, com muitas novidades”, adianta Yukimi Yamauti, coordenadora de expositores do Bazar.

Em novembro, o edifício Bunkyo receberá caixas para que o público que acessa o prédio diariamente colabore com a campanha beneficente. No dia do Bazar, o visitante poderá colaborar trazendo a doação de 1 quilo de alimento nao-perecível, roupas usadas e brinquedos. Os expositores também farão sua parte, ajudando as entidades com a doação de alimentos, produtos ou recursos. Mais informações pelo site www.bazardobem.com.br.

Serviço
Bazar do Bem – edição Natal 2008
08 e 09 de novembro
06 e 07 de dezembro
20 e 21 de dezembro

Horário - 10h30 às 19 horas
Local - Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social
R. São Joaquim 381, Liberdade (próximo ao metrô São Joaquim)
Entrada gratuita (colabore com 1 quilo de alimento não perecível, brinquedo ou roupa usada)

Informações:
E-mail: contato@bazardobem.com.br
Site: www.bazardobem.com.br
Telefone: (11) 9886-3125

Apoio
Bunkyo, Yassuragui Home, Kibo-no-Iê, Kodomo-no-Sono, Ikoi-no-Sono, Kenren

terça-feira, outubro 28, 2008

Ser uma boa pessoa...

...É inventar que voce precisa sair do escritorio só pra comprar uma comidinha pra alguem que nao tem $$ pra comprar almoco - e que nao ia pedir help. Alias, isso é ser justa, porque a pessoa mais do que merecia. E eu nao ia compactuar com uma injustica. Precisava fazer algo ou nao dormiria hoje.

E eu fico indignada com tanta gente que tem problemas muito menores na vida e fica se lamentando que a vida é uma porcaria, que nao consegue isso, nao consegue aquilo, e bla bla bla bla bla bla. Nao dáo pra entender. As pessoas deveriam ter mais consciencia do problema dos outros, e criar menos auto-probleminhas em suas cabecinhas. Atividade faz bem ao cerebro!!

Se cada um se colocasse no lugar do outro por 5 minutos diarios, muita coisa seria diferente, nao acha? Estou ocupada com varios eventos ao mesmo tempo, lancamento de filme, proximidade do Bazar do Bem (www.bazardobem.com.br), e ao mesmo tempo, pressao dos velhinhos. Sei que cada um tem seu tempo, mas o dos velhinhos é lento demais. E dá voltas demais. Porque nao ir direto ao ponto? Enquanto isso, zazen. Bjs.

terça-feira, outubro 21, 2008

Super almoço!

Hoje almocei muito bem! Fui no Porque Sim, e pedi um EbiFry Teishoku, uma porção de gyoza, e um suco de laranja sem açucar e sem gelo. Um montao de comida gostosa! Comi tudo! A okussan deve ter achado que eu sou meio doida, porque eu estava sozinha e pedi montes de comida, mas eu estava precisando, porque faz alguns dias que eu nao almoço direito. E minha energia estava baixa, sei lá.

Foram R$33 bem aplicados, mas é logico que nao dá pra gastar tudo isso num almoço cotidianamente (talvez uma vez por mes e olhe lá....hehehehehehe). E fiquei assistindo dorama Stand Up, olha que legal...almoçar e comer bem, assistindo dorama japones na TV. Nao tem nada melhor que isso pra relaxar!! E estamos precisando relaxar, porque no escritorio, as coisas estao dificeis.....é um estresse completo. Mas tudo bem, vamos levando.

Ontem fui no shopping pra pagar contas e comprei minha agenda 2009. Acho que ela me "hipnotizou" na Saraiva, porque eu sou muito chata pra comprar agendas. Tinha visto algumas, e essa agenda me chamou a atenção. É uma agenda pra ajudar o Instituto Rodrigo Mendes, tem as folhinhas do jeito que eu gosto (repito, sou muito chata), e tem um texto do oscar Motomura, da Amana Key - Como Fazer Acontecer. E só tinha uma desse modelo. Nao tive duvidas e comprei. Já tenho minha agenda 2009, e por incrivel que pareça, já tenho compromissos 2009.

Alias, nao é estranho eu ter compromissos agendados pra 2009, se eu nao sei nem se vou estar aqui amanhã? Acho que isso nao é uma atitude muito budista da minha parte, mas de qualquer maneira, prefiro pecar pela organização.

E ontem assisti o filme "MY BLUEBERRY NIGHTS" do Wong War Kai com a Norah Jones e Jude Law e grande elenco. Lindo! O Jude Law é lindo! E hoje como esta um dia lindo, devia correr, mas esqueci meus tenis em casa e nao vou conseguir correr. Alias, preciso correr um pouco pra queimar as calorias do ebi fry! Acho que vou dar uma fugidinha...rsrsrsrsrs. Bjs.

segunda-feira, outubro 20, 2008

Tristeza nao tem fim?

Ai, ai. Faz um monte de dias que eu nao publico nada aqui no blog. É que ando muito triste, porque a minha cachorrinha, Sasha, foi atropelada no meio da rua, num dia de chuva, e morreu no meu colo, enquanto iamos pra vet, chorando desesperadas (eu e minha prima, q encontrou a Sasha). Nossa, eu fiquei arrasada, ela tambem, e continuo até hoje meio bamba, meio deprêzinha, tomando calmante e muito floral pra superar a barra.

Logico, acordo todo dia, venho trabalhar, escrevo minhas materias, acompanho os eventos, vida normal. Mas sinto tb que perdi um motivo pra viver. Porque voce nao sabe como é ruim a sensação de carregar um bichinho que vc ama, e que principalmente, te ama mais do que tudo, no seu colo, todo machucado, de um jeito que deixou a gente totalmente arrasada, e nao deu pra vet fazer nada. um choque / baque / depre total. Nunca vou esquecer disso.

Sinto como se tivesse perdido uma irmãzinha, porque quando chego em casa e nao vejo a sasha, nossa, é muito punk. É muito triste. Ela era minha companhia em todos os momentos, entao a perda da Sasha acabou comigo mesmo. Estou trabalhando pra superar isso, vamos ver como ficarão as coisas...fora isso, aconteceram coisas legais no meio do caminho, como ver tartaruguinhas que acabaram de nascer, e conhecer a Fernanda Takai, e tambem uma festa de aniversario bem legal. e voltei a usar brincos. E estou comendo broa de milho e tomando H2O de maçã. E a vida continua. Bjs.