sexta-feira, setembro 28, 2007

Resumo semanal rapidinho

Na quarta, comi arroz doce quentinho antes de uma reuniao. Olha que coisa mais maluca?? Tb almocei num restaurante bem bonito com uma comida bem ruim, chamado Daisho, na Vila Mariana. E consertei o meu carro.

Dialogo engraçado com o mecanico (por telefone):

Erika: "Seu Carlos, me ajuda, meu carro está com um problemão. Sabe aquele negocio que abre a porta por dentro? Quebrou, e eu nao consigo abrir a porta, preciso abrir por fora dos 2 lados!!"
Mecanico: "Ah, voce quer dizer MAÇANETA???"
Erika: "...."
Mecanico: vai nessa oficina que eles consertam a maçaneta na hora!

Bom, daí fui lá consertar o carro. Depois, reuniao na Assembleia. Presenciei uma manifestação do MST no plenario. Muita gente, muitas malas (eles sao sem-terra, mas nao sem-mala). Muita bandeirinha e barulho.

Na quinta, fiz algo muito diferente pra minha rotina! Fui com o P num estudio fotografico, pra tirar foto pra uma revista. Encontrei a C. do outro dia no restaurante, e tb a A.K.. O fotografo foi muito bacana, as fotos foram super rapidas. Depois fui em reuniao no Centenario, fiquei até 10 da noite. Blergh.

E hoje, fui numa aula aberta na ESPM com o professor australiano Michael Liffman, com a P, um projeto do Gife. Foi muito bacana!! A coisa mais relevante da palestra foi: a gente tem que equilibrar heart & head para fazer uma boa captação de recursos. Isso é bacana, ainda nao tinha pensado desse jeito. É legal mesmo a gente equilibrar a razão e a emoçao, pra cativar os apoiadores pros nossos projetos...

No fim-de-semana, muito trabalho, muito empenho, muita simpatia pra vender cartelinha de bingo na Festa do Verde. Vamos trabalhar sabado e domingo pra arrecadar fundos pra entidade, e vamos nos empenhar 100% . A Festa do Verde foi a minha primeira participacao no Seinen, e é um evento especial pra mim. Pela primeira vez, será um evento de 2 dias. Vou fazer teru teru bozo pra nao chover. Bjs.

terça-feira, setembro 25, 2007

Belas baleias

Hoje tive que responder um email ri-di-cu-lo, pra economizar R$ 16 pra entidade perdendo tempo precioso com uma besteira. É uma falta de visao dessa diretoria, que vamos combinar, né?? Ri-di-cu-lo.Tem dias que eu acho que vale mais a pena ficar em casa, ir no shopping, assistir um filme, do que fazer meu precioso trabalho voluntario. Porque eu sou tao teimosa, meu deus??

De manhã fui acompanhar meu amigo J, num exame. A clinica tinha um cheiro de lisoform tao forte, mas taaaao forte, que fiquei sentindo o cheiro até depois de sair de lá. Passei num Mac pra almoçar McChicken (my favorite!!), mas tive que esperar uns minutos pra passar o enjôo quimico. Acho que o cheiro permaneceu latente, mas tudo bem. Depois fui trabalhar...no fim da tarde, tive reuniao na Assembleia Legislativa, e voltei pra casa.

Aproveitei pra comprar na mercearia coisas fundamentais pra minha vida: sopinhas, pao de milho da Panco e Feel Good. Tomo Feel Good praticamente todos os dias, porque tem 100% da vitamina C que a pessoa precisa por dia. Acredita? Pois é. Pelo menos é o que diz na latinha...hihi...e pao de milho é tudo de bom!! Sopinha nesse frio tambem é muito bom!! Outra coisa maravilhosa no frio é tomar banho de ofuro...ai ai...

No domingo, estava assistindo Discovery e de repente prestei atencao num desenho animado em PB. Era um filme falado em japones. Opa, prestei mais atencao. Era a história de um velhinho, que é diretor de uma escola, relembrando a infancia sofrida, dificil, durante a guerra.

Infelizmente, o filme fala sobre a caça às baleias, pratica que só é adotada pelo Japao atualmente (a desculpa é que utilizam as baleias pra fins cientificos. BALELA). Creio que nenhum outro pais, desenvolvido ou nao, ainda pratica a caça à baleia. E nao é por falta de comida, é algo meio sadista mesmo, aquelas coisas da mente japonesa que a gente, ocidental, nao entende. Mesmo tendo olhos puxados, eu pessoalmente nao entendo.

O desenho animado era uma campanha do Greenpeace, uma campanha no Japao, contra a caça das baleias. http://whales.greenpeace.org. O menino, magrinho e franzino, escrevia no caderno: sakura, sakura (cerejeira), que virava kujira (baleia). Na época da guerra, faltava tudo, e os japoneses sofreram muito, passaram fome, entao comiam baleias como alternativa. Mesmo depois da guerra, e até hoje, esse habito maluco continua. O filme é lindo, do Koji Yamamura.

Baleias são animais maravilhosos, fiquei encantada com uma baleia que vi num show aquatico em Okinawa. Ela era muito inteligente, uma graça, parecia ter uma mente humana!! São animais que merecem uma chance de viver. Isso mexe muito comigo, chorei no fim do comercial. Porque eu comecei minha "carreira voluntaria" no Greenpeace. Seria uma otima ecologista. De vez em quando, dá vontade de largar essa porcaria de "mundo nikkei", cheio de mediocridades, e ir lá, salvar baleias e golfinhos pelo mundo.

http://www.youtube.com/watch?v=ozx1fzzuXdE

segunda-feira, setembro 24, 2007

Começo de semana...

Nesse fim-de-semana, dei um treinamento de comunicacao no 100, antes disso ajudei o pessoal do Seinen a fazer sanduiches, e depois do treinamento, assisti um pouco do "Festival de Danças Folcloricas Internacionais", no Bunkyo. Foi muito legal, um evento que realmente vale a pena! e tambem tem as barraquinhas de comidas tipicas (humm), comi o bolo de caramelo da Alemanha, e o pastel de queijo da Grecia.

A abertura foi com o grupo da Espanha, que deu um show de música ao vivo. Depois veio a Ucrânia, e depois a Africa deu um verdadeiro espetáculo. Meu Deus, como eles dançaram!! O nome da companhia é Africa2, e eles são maravilhosos no palco, com referencias à dança nativa africana, dança contemporânea e capoeira.

Eles deram um super astral no evento. Tinha um casal de bailarinos que era pura energia, eu nunca vi algo parecido, eles se moviam como se fossem etéreos!! No solo do bailarino, ele pulou do palco para as cadeiras do público, pulou e se equilibrou em uma cadeira, e depois correu por todo auditorio. E tudo isso dançando!! Meu Deus, foi muito lindo!! Coitado do pessoal da Suíça, que entrou depois...nao tinha como superar!!

Nesse final de semana, assisti muitos DVD´s com meu namorado: "Muito gelo e dois dedos d´agua" com a Mariana Ximenes, "23" do Jim Carrey, "A Promessa" de Chen Kaige e "Os Condenados". Sobre esse ultimo, sem comentarios. E Yasuo Fukuda foi escolhido como novo-primeiro ministro do Japão. Eu conheço um homonimo Yasuo Fukuda aqui do kenjinkai no Brasil, e o velhinho é muito querido!! Se o premie for 10% do xará brasileiro, já está muito bom.

Confira abaixo uma traducao rapidinha que eu fiz de uma materia com o Osamu Maebashi, um jovem que já morou na rua em Tokyo, mas se reergueu. Para um japones, pedir um simples onegai (favor) já é dificil por causa do orgulho. Imagine entao morar na rua, nao ter casa, nao ter endereço.

É uma vergonha, é algo que realmente derruba a auto-estima de uma pessoa. especialmente no Japao. E com a crise economica, essas coisas realmente tem acontecido por lá. E esse cara, o Maebashi, está fazendo alguma coisa pra ajudar. Será que ele vem para o Brasil algum dia?? Vou enviar um email!!

Recomeçando...

Em 1989, Osamu Maebashi morava na rua, aos 21 anos, sem ter esperanças no futuro. Nascido em Kamogawa, na província de Chiba, ele tentou carreira como surfista profissional, mas não conseguiu e acabou deixando a cidade natal e indo para Tokyo.

Chegando lá, acabou morando na rua, dormindo em parques e obras inacabadas, comendo sobras de comida de lanchonete ou alimentos fora do prazo de validade, de lojas de conveniência. Depois de dois anos nesse estilo de vida, um mendigo maltrapilho alertou que ele ficaria doente, se continuasse a viver assim.

O aviso do morador de rua despertou Maebashi.”Percebi que não podia continuar vivendo daquele jeito”. Ele começou a trabalhar como entregador de moveis, e devido á experiência anterior nos “bicos” como operário de construção, conseguiu um bom resultado nessa firma.

Em 1997, Maebashi criou uma companhia, que se chama M Crew, contratando pessoas para fazer trabalhos de entrega de materiais, instalação e limpeza. Em 2003, criou um novo negocio chamado “Rest Box”, que oferece camas para aluguel. Cobrando cerca de 1000 ienes por noite, possui atualmente 22 locacoes em Tokyo, com camas, colchão, chuveiro, televisão, maquina de lavar e refeitório.

O publico-alvo do negocio são os homens que perderam suas casas e tornaram-se trabalhadores eventuais (arubaito), que não conseguem alugar um local para morar. O Rest Box funciona como uma “base” para essas pessoas, que ganham um endereço e uma segunda chance para recomeçar. Um dos moradores conseguiu economizar 1 milhao de ienes (US$ 8500) em seis meses, abriu sua própria empresa e alugou seu próprio apartamento.

Maebashi já viajou aos EUA, conhecendo a rede de assistência social para moradores de rua, e verifica a possibilidade de ampliar seus negócios para fora do Japão. O empresário acredita em trabalhar, ganhar dinheiro, e depois usá-lo para ajudar as pessoas a retomarem sua auto-estima.
“As pessoas crescem e se desenvolvem pelo trabalho. O que nós oferecemos não é caridade, mas um serviço. Este pode ser o ponto de partida para que eles cresçam em busca de novos desafios”.

(The Japan Journal, janeiro 2007)

quinta-feira, setembro 20, 2007

Experiencia zen!!

Hoje acordei, trabalhei e fui para uma reuniao com o M, e a conversa foi indo, indo, estava tão boa, e no final, a gente foi almoçar no Okuyama. Daí uma coisa muito estranha aconteceu, e confirmei o que eu sempre soube: sou meio sensitiva!! Sim, eu juro!! Tenho alguma coisa de premonição!!! Nao é loucura!!!

Pedi o gyoza teishoku. No meio do almoço, o M. comecou a falar algumas novidades sobre a familia dele, e eu juro que eu sonhei com isso, mas foi no ano passado!!! Na epoca, eu falei pro meu namorado: olha que coisa, sonhei que estava almoçando com o M...e eu nem imaginava que um dia seria amiga do M a ponto de almoçarmos juntos.

O dialogo foi igualzinho, ele falando da filha e do filho, e da vida deles. E eu nem sabia o nome deles antes!! Foi uma coisa muito deja vu. Surreal!! É um dom misterioso, que nao sei bem pra que serve. Espero ter mais sonhos premonitorios pra descobrir a funçao deles!!

Depois dessa experiencia sensitiva-zen-premonitória, fui trabalhar. E depois fui pro Centenario trabalhar mais. E tive muitas reunioes de trabalho, e falamos tb sobre sonhos e realizacoes. É bom ter sonhos e batalhar por eles. É isso que dá sentido pra vida, nao é mesmo?? Sair as 21 horas nao tem problema. O que importa é fazer a diferença. Eu sei que cada dia meu faz a diferença. Isso que vale.

Hoje perdi a chance de conhecer a T., super jornalista de uma grande revista, mas td bem, quem sabe oq nos guarda o futuro?? E na reuniao do 100, comemos somen, um macarraozinho gelado, bem gostoso, preparado pela L. Foi chiquerrimo!! E agora, tomando suco concentrado de morango com maçã, me despeço pra sonhar um pouquinho. Bjs.

quarta-feira, setembro 19, 2007

Persona

Estou passada com a noticia de que o Cesar Giobbi nao faz mais a coluna Persona do estado de S. Paulo. Hoje foi a ultima coluna dele, com uma despedida triste e ao mesmo tempo, esperançosa, Simplesmente inacreditavel que o Estadao faça isso, pq o Giobbi é uma referencia, criou um estilo, e será substituido por uma equipe interina, e depois pela Sonia Racy??

Será uma experiencia muito triste abrir o Estadao e nao ver mais a coluna do Cesar Giobbi no Caderno 2. É como uma Ilustrada sem Monica Bergamo. Sao as primeiras paginas que eu abro o jornal, sempre, porque eu acho que esses colunistas praticam um jornalismo diferente, rapido, direto e inovador, q cria tendencias e observa o mundo, as novidades, as pautas...=)

Almocei hoje as 16h30 na lanchonete Nova Era. Tomei suco de laranja e comi um bauru. Pessimos habitos de jornalista, preciso voltar a almoçar num horario de gente, e a me cuidar melhor né?? E para ver em que mundo estou, totalmente fora do ar, fui surpreendida com a renuncia do premie Shinzo Abe, que foi dia 12. Eu nao tinha visto nada a respeito nos jornais, que horror!! Em que mundo estou??

Agora muitas reunioes, muitos compromissos, muita coisa pra fazer. Amanha tenho varias reunioes tb, e na sexta-feira, medico pra fazer meu checkup. Só nao vou contar pro medico que estou almoçando junkie food as 16h30 da tarde, ou ele vai achar estranho né?? Bjs

terça-feira, setembro 18, 2007

Gibis e trabalho

Estava assistindo ontem o programa do Jo com a Madeleine Peiroux. Oh meu deus, se tem algo que eu queria muito, muito, muito é ir no show dela. Mas infelizmente nao dá...ai que tristeza...vou ter que me contentar com o CD mesmo...adoro Madeleine Peiroux!!

Hoje passei o dia no telefone, agendando reuniao, desmarcando reuniao, passando contatos para imprensa, atendendo mais gente. Vida de assessor de imprensa nao é facil nao. Ainda mais quando a assessora é super legal e solícita como eu. E modesta, logico, que ninguem é de ferro. ^.^

E tem mais: hoje a Lumi apareceu no SPTV falando de etiqueta japonesa, foi muito legal! E creio que eu ajudei nessa producao, pq entrevistaram Koichi Mori tambem. E eu lembro de ter atendido o produtor há coisa de um mes...o mais engraçado é que o assessor de imprensa NUNCA aparece né? Mas tudo bem, minha vida anonima é muito mais legal!!

Uma coisa muito bonitinha aconteceu no domingo: estava comprando o JT numa banca no shopping, e chegou um menininho pra comprar um gibi da Mônica, aliás, é um gibi novo, com historinhas de uma só pagina (uma idéia interessante, né? Rápido pra ler e entender...).

E como eu estava lá comprando, ele esperou pacientemente, estendendo o dinheirinho dele. O estande da banca era meio alto, repleto de revistas, e o vendedor não tinha percebido o menininho, mas ele foi tão bonitinho, que eu avisei tb. E ele pagou e saiu com a revistinha, todo feliz.

É bom quando a gente é criança, quando um simples gibi faz a gente feliz e contente. Depois a gente vai crescendo e "sofisticando" o gosto, acrescentando um monte de coisas inúteis (e muitas vezes fúteis) à nossa rotina cotidiana burguesa. Gibi é tudo de bom! Eu leio gibi! E fico rindo sozinha durante a leitura! Bjs.

segunda-feira, setembro 17, 2007

Cotidiano na cidade

Hoje tive uma reuniao muito boa e nostalgica no Cia. Oriental, com Y. e J. Depois fomos eu e J. para outra reuniao super fenomenal, com o pessoal do Anhembi. Foi bacana e pude ajudar uma menininha com rinite, emprestando pra mae dela, a P., o meu maravilhoso óleo essencial organico de menta, que comprei na Beauty Fair por apenas R$ 10 e que descongestiona os bronquios e bronquiolos na hora. Uma maravilha nesse tempo sem umidade de SP. O pessoal adorou!!

Depois voltei pra casa de metrô, porque o Julio teve que ir pra Oz, e no metro, a moça que faz a locução do nome da proxima estacao se atrapalhou. Ela disse: "proxima estacao - Sao Bento". Percebendo que errou, ela suspirou e disse bem baixinho "droga". E completou: "Retificando, proxima estação - Sé". Foi meio surreal, porque realmente deu pra escutar ela praguejando no microfone...afinal, temos que tomar muuuito cuidado com microfones.

Putz, pior que hoje tive uma pessima noticia, alias, pessimas noticias. Vou ter que dar um jeito de arrumar as coisas, mas como dizem por aí, Deus nao coloca nas nossas maos mais peso do que conseguimos carregar. É só fazer mais levantamento de peso pra ficar bem fortinha. E ontem comemorei meu aniversario com o pessoal no Karaoke Porque SIM, na Libas. Foi muito legal cantamos bastante!! E terminamos a noite comendo lamen no Aska. Uma delicia! Bjs.

sexta-feira, setembro 14, 2007

Almoço estrelado

Hoje fui almoçar com C. e H. no Kosushi, do sushiman George-san. Ficamos conversando muito, comendo sushis maravilhosos, shimeji com manteiga embrulhado no papel aluminio, e de sobremesa, uma "maravilha de frutas" - frutas vermelhas, sorvete de creme e suspiros com calda de morango.......hummmmmmm!! Só de lembrar, fico com agua na boca!!

E a H. explicou muito sobre a dieta do tipo sanguineo. Eu, que sou AB, posso (e devo) comer derivados de leite, mas carne vermelha com moderação. É um assunto interessante, acho que vou comprar o livro!! Depois disso peguei muito transito, um transito realmente horrivel, tentando ir para uma reuniao no Anhembi.

Nao consegui, depois de ficar 1 hora e meia parada na 23 de maio. Teve uma hora que eu simplesmente desisti de ficar lá aspirando fumaça e gastando combustivel à toa, saí da 23 e fui para o Bunkyo. Minha amiga contou que a batian dela caiu hoje no golpe telefonico e perdeu uma fortuna.

Ligaram dizendo que o pai da minha amiga tinha sofrido acidente, e a batian acreditou e foi levar o dinheiro para o bandido. A gente incentivou eles a registrarem BO, porque coisas assim nao podem continuar acontecendo. Se a gente nao registrar, as coisas vao piorar cada vez mais. Bjs.

Dia afinado

Hoje tive reunioes muito bacanas, na Vila Olimpia, no Bunkyo, no Hiroshima, na Aliança...ufa, cansei de tanto andar!! Centenario está indo, Festival está indo, Aliança está indo. Muito trabalho, é bom!! Almocei no Lugar 166 com o K. e foi bacana, é um restaurante agradável e muito legal. Saladas maravilhosas, e eu adoro salada!! E almocei na hora do almoço, um pequeno milagre cotidiano!!

Mais tarde fui no Franz Café com o O. e tomei um tal de "chá verde com limao siciliano". NAO engula essa mentira! É simplesmente Feel Good com suco de limão. Praticamente é o proprio Feel Good, mas pelo preço de 1 litro voce toma só um copinho.

Fui e voltei do Bunkyo a pé hoje. Mereço um prêmio, porque subir a Tamandaré de salto alto nao é pra qualquer uma. É deveras dificil, tarefa de equilibrio. Depois arrumei minha casinha, que estava merecendo, e mudei a essencia do meu blog Agencia de Notinhas (www.notinhas.blogspot.com). Antes, eu pensava nele como um "distribuidor de releases". Agora, vou tentar transforma-lo num Bluebus nikkei. Vamos ver o resultado!! hihihi...

Estava com a TV ligada no "Linha Direta", um desses programas trash. Tinha um pai e um filho que atraiam as pessoas pra sequestrar, oferecendo falsas maquinas pra venda. E quem ia buscar essas pobres pessoas enganadas era um japonês! Olha que sacanagem!! Geralmente, as pessoas nao desconfiam de um japones vendendo maquinas!! Mas desconfie desse: Paulo Kenji Yamauchi. SIM, Yamauchi!! Tá vendo porque a noticia chamou minha atencao??

Pior que esse cara é quase homonimo do meu tio, Paulo Satoshi Yamauti. E meu tio era uma pessoa tao boa, tao boa, que eu lembro que ele levava meninos de rua pra casa dele, pra dar comida, dar roupa, dar brinquedo. Socorria cachorrinhos na rua. Ele ajudava os outros sem esperar retorno, e tinha um coração muito bom. É uma pena que existam nikkeis criminosos. Alias, é uma pena que existam criminosos, nao é mesmo??

Ah, vou comemorar meu niver no karaoke. Domingo. Bjs.

quarta-feira, setembro 12, 2007

Um post aquatico...


Se tem algo que me deixa muito paranóica é o desperdício de água. Sim, a nossa querida água, vulgo H2O, nosso elemento natural mais precioso e fundamental para a vida. Eu realmente acredito que daqui a alguns anos, e não serão tantos anos assim, a gente vai conversar coisas do tipo: “lembra como era fácil antes, quando era só abrir a torneira e saia água?”

É como disse meu tio, que contou pra mim que nadava no rio Tietê quando era criança. Imagina, a cidade matou o rio em tão poucas décadas. Então como será a represa Billings dentro de poucos anos? Pois é, num futuro bem próximo, a água será escassa, a torneira vai estar seca, e vamos todos nos arrepender por ter tratado a natureza tão mal.

Por exemplo, quando tem uma torneira vazando pinguinho de água, eu fico maluca, nervosa, e dou um jeito de fechar a torneira, em qualquer lugar que eu esteja. E também não tomo banho de chuveiro. Chuveiro desperdiça muita água. Eu só tomo banho de ofuro (banheira japonesa), e reaproveito a água depois de 2 dias, para lavar a casa ou lavar roupa.

Ah, eu também não tenho maquina de lavar roupa. Essa é uma maquina do inferno, que só desperdiça água limpa. Você já pensou quanta água boa se perde nesse processo de lavar roupa, fazendo 2 enxagues? Eu lavo minha roupa à mão, e com água do ofuro.

Claro, eu admito que esse processo não é muito moderno, e provavelmente nem a minha batian fazia isso, mas tratam-se dos meus princípios. Eu não desperdiço água preciosa e valiosa com tarefas vilipendiosas. Outra coisa que eu não faço é lavar o carro. Eu gosto quando ele fica bem sujo, tão sujo que faz uma camada de poeira por cima da tinta, cheia de texturas cinzinhas e marrons bem definidas. Gosto é gosto!!

Dessa maneira, além de economizar água para o mundo, eu economizo plins-plins, e tb os flanelinhas nem passam perto do meu carro com medo de se sujar. Pena que o meu namorado escreveu “sujinho” e “lave-me, sou porquinho” no meu carro na semana passada. Daí não teve jeito, tive que mandar lavar...=)

E só pra completar esse assunto da água, outra maquina moderna que eu simplesmente o-de-i-o é o Vaporetto. Que idiota teve essa idéia tão imbecil de criar uma maquina que utiliza a força mecânica da água pra limpar folhas e cocô de cachorro?? Tarefas que poderiam ser facilmente cumpridas com uma prosaica vassoura consomem dezenas e dezenas de litros de água boa, pura e valiosa. Eu passo mal quando vejo um Vaporetto funcionando na minha frente. Ai ai ai...e o que fazer, se as pessoas são tao preguiçosas?? Bjs.

segunda-feira, setembro 10, 2007

Niver da Erikitty

Hoje é meu niver! Ganhei presente, recebi telefonema das minhas amiguinhas, estão chegando muitos scraps no orkut e pra completar, bolinho de aniversario. Muito chique! Vou organizar uma festa no sábado, pq afinal de contas, niver em plena segunda, pós-feriadao, ninguém merece, né??

Nesse feriado, aproveitei pra descansar. Assisti um filme lindo com o Hugh Grant e a Drew Barrimore – Letra e Musica. E meu namorado fez sushi pra mim, muito sushi, muito sushi meeesmo!! Humm, foi super bom!! E fomos na quinta-feira no Deigo, um restaurante com comida típica de Okinawa, lá na Liberdade. Provei um okinawa soba muito saboroso!! Vamos voltar!!

E na quarta-feira, mesmo morrendo de sono por ter acordado às 5h20 da manha pra atender o reporter do Bom Dia SP, fomos num show de blues no Bourbon Street e ficamos até quase 2 da manhã. Foi uma balada divertidíssima! E de manhã, na quinta, ainda acordei as 8 pra ir numa reunião do FJ. E trabalhei ate as 21 hs, com reuniao. É mole?

O show no Bourbon Street foi muito bacana, com um sonzaço da banda do gaitista Robson Fernandes. Os caras tocam muuuito!! Acesse o site http://www.robsonfernandes.com pra saber mais sobre a banda, vale a pena ir no show deles!! Bjs e feliz niver pra mim!!

terça-feira, setembro 04, 2007

Retorno à blogosfera

Puxa, meu blog anda mais abandonado do que cachorrinho de rua. E eu morro de pena de cachorrinho abandonado. Nesses tempos fora da blogosfera, coordenei Festival do Japão e uma pá de outros eventos, assisti muitos filmes, li muitos livros, completamos 4 anos juntos, dei banho na minha cachorrinha e fiz mais um montão de outras coisas.

Bem, hoje tive reunioes maravilhosas! A primeira foi no restaurante Kinu, do chef Adriano Kanashiro, onde almocei sushi, sashimi, salmão grelhado com purê de kabotchá, e de sobremesa, tempurá de manga com sorvete de baunilha!!

Hummmmmmmm....lógico que eu não sou uma glutona: explico melhor - não só a comida estava ótima, mas principalmente a reunião foi muito boa! Mas não posso ficar espalhando na net os resultados né? E de noite, tivemos outra reunião na Paulista, com resultados fantásticos!! Só não tive tempo pra outras coisas, mas enfim, o dia valeu a pena, apesar do corre-corre.

Nesse ultimo sábado, K, Y, A e eu fomos na abertura da Beauty Fair, por causa dos arranjos (do bem) do super P. Foi a coisa mais maravilhosa do mundo, eu me senti na Disney, com aquele monte de cremes baratissimos e utilíssimos, e maquiagem super bacana (e barata) e um monte de novidades da área de cosméticos. Fiquei momentaneamente super vaidosa! Comprei uma porção de coisas e não ultrapassei meu orçamento, que era de R$ 50. Let´s be glamorous!!

Estava assistindo agora o Jornal da Globo, com uma matéria chocante sobre prostituição infantil lá no Ceasa. Como pode uma nojeira dessas acontecer em plena luz do dia e ninguém fazer nada?? O mais curioso é que o produtor é japa, um jornalista que trabalhou no Diário de SP na mesma época que eu.

Na matéria, um feirante (japa) fala pra ele algo do tipo, “escolhe outras meninas, pq essas daí são abunai”. Abunai significando “perigoso”. Perigoso, alarmante e extremamente revoltante é saber que essas coisas absurdas acontecem na cara da gente, e ninguém faz nada. Será que o mundo pirou??? O que será que acontece com esse mundão de Deus??? God bless us. Bjs.

PS: finalmente meu cabelo cresceu!! com algumas falhas, mas cresceu. Segundo meu namorado, apenas eu - neurotica - percebo as falhas. Mas que elas existem, existem. =&