Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2007

Palavras

Estava escutando radio hoje, e de repente começou a tocar 50Cent (que fique registrado que eu nao costumo ouvir essas radios, geralmente fico na Eldorado). Realmente, nao sei como as pessoas podem escutar uma porcaria dessas - ou seja, 50 Cent. Será que é porque as pessoas nao entendem a letra e acham cool?

Porque o cara diz que é cafetao, diz que as mulheres sao lixo, que pode levar, traçar e fazer o que quiser com elas, e isso é absolutamente nojento e degradante contra as mulheres. Em termos de letra, acho pior que o funk carioca!E é interessante notar que algumas radios pop estao tao hip hop que parece que estamos no Bronx, e nao em SP. Mas podiam pelo menos escolher coisas boas, como Macy Gray. Nao 50 Cent e acólitos.

Em tempo, gosto de musicas do estilo do Justin Timberlake e Black Eyed Peas. Por isso escuto de vez em quando a JP e a 97. E sobre tudo isso que acontece no Brasil: violencia, insegurança, medo de olhar o outro na rua. E aí, nós nao vamos fazer nada? Acesse www.euvou…

Psicopatias e simpatias

Hoje saiu uma materia muito bacana no Jornal Nacional, falando sobre as coisas anormais que nós nos acostumamos a perceber como normais, por causa da violência e da insegurança. Por exemplo, passar no sinal vermelho de noite, quando está tarde. Todo mundo faz isso. É consenso geral. È questão de sobrevivência!

E o que dizer da pratica de manter duas bolsas no carro (uma é do ladrão), e ainda ficar olhando para os lados quando a gente pára no semáforo? É inevitável. Olhar pros lados antes de abrir a porta da sua casa. Agora os bancos fecham de noite pra aumentar a segurança, mas perdemos uma grande conveniência, porque não dá pra retirar dindin no caso de uma emergência.

A gente também parou de usar coisas chamativas, pra não atrair ladrão. Por exemplo, eu costumava andar mais arrumadinha, e agora ando meio largada, mas é por precaução mesmo! Caramba, vivemos numa psicopatia geral. É como se fosse uma roleta russa. Saio de casa sem saber se volto direitinho, com segurança. E ainda falara…

Cartas de Iwo Jima

No começo da semana, assisti em primeira mão ao filme Cartas de Iwo Jima, do Clint Eastwood, que estréia amanhã. Era um evento do consulado, e foi extremamente bem organizado, como alias, é de praxe em todos os eventos do Consulado e da Fundação.

Este é um filme que realmente toca o seu coração, que não te deixa fugir dessa realidade, porque é uma historia que aconteceu de verdade, há 60 anos. A fotografia, com texturas de areia e fumaça, retrata com precisão essa grande perda que é a guerra, em todos os sentidos. Era esse o sentido que o Clint Eastwood queria dar para o filme: que a guerra significou a perda de vidas de jovens, dos dois lados.

Uma guerra significa a morte de jovens, pessoas perfeitamente capazes de contribuir para a sociedade, que morreram muito cedo, de uma maneira trágica, cruel e triste. Muito sofrimento das famílias, dos soldados, de todo um país. Muito triste e tocante. Todos precisam conhecer essa historia, para que não aconteça novamente.

Os soldados seguiam o co…

No-ismos

Hoje assisti ao espetaculo de dança que mais me emocionou até hoje: Noism 07, com NINA - Materialização do Sacrificio, no SESC Pinheiros. Foram momentos tao mágicos, tao intensos, que saí do teatro pensando no que eu tinha visto, e pensando no que as pessoas sentiram, e se elas sentiram o mesmo que eu, ou tanto quanto eu.

Uma companhia de dança maravilhosa, com um coreografo super jovem, carismatico, de bem com a vida. A casa estava lotada, tanto no BP como no espetáculo. O corpo como objeto, sem ismos (no-ism), um corpo leve e ao mesmo tempo fisico. Muito lindo! Acho que nunca vi movimentos tao rapidos e limpos.

E o SESC Pinheiros é um lugar que vc entra e sente orgulho por morar na cidade de Sao Paulo, orgulho de ser brasileiro (desculpe o lugar comum). Que lugar fantastico, gostoso, aconchegante. Ficaria lá o dia todo, se pudesse. Fui na "comedoria" (restaurante) e comi pao de tapioca (2, porque nunca tinha comido e é uma delicia), sagu com vinho e tomei suco de laranja org…

Sasha maluca

Minha cachorrinha, a Sasha, é um amor (na foto, ela está à direita, o outro é o Puff). Ela é um docinho, não faz barulho, não late, não bagunça, come ração direitinho. Exceto quando chove.

Nesses dias de chuva e trovoada, ela vira simplesmente o cão do diabo. Tipo Jekill e Hyde, sabe?
Daí ela fica nervosa, assustada, pulando de um lado pro outro, arranhando sofá, cama, lençol, porta, etc.

Em dias de chuva, ela também fica louca, e já tentou o suicídio (em ordem cronológica): fugindo de casa, quase pulando da janela, subindo no fogão e ficando em cima do forno de microondas. Como é meio burrinha, não deu certo em nenhuma das tentativas (felizmente). Mas quando ela fugiu de casa foi preocupante, ainda mais porque eu não estava em casa. Ainda bem que a encontraram, senão ia ficar sem a minha Saxux.

Agora, quase 3 da manha de uma quinta-feira, estou acordada porque senão minha cachorrinha tem um surto. Pode uma coisa dessas? Ela fica tranqüila se eu estou perto e acordada. Se eu estiver perto…

My best friend´s wedding

Hoje assisti na TV ao melhor filme da Julia Roberts, na minha modesta opiniao: O Casamento do Meu Melhor Amigo. E é tao estranho pensar que a obra é de 1997, ou seja, 10 anos se passaram, e o filme continua muito bom, emocionante, mágico.

Pelo menos para mim, continuo assistindo numa boa. Uma grande historia de amor by Hollywood. Incrível, sem cenas de sexo, violência ou drogas. Uma típica love story, como os filmes do Gene Kelly e Fred Astaire.

E é sim uma bonita historia de amor, ou melhor, do amor que vc precisa saber entregar, saber desistir quando nao dá mais. É um filme engraçado, espirituoso, musical, onde o requisito mais importante para amar é a entrega, a confiança, e o sacrifício (por que não? Afinal, todos nos sacrificamos em prol do que é mais importantes). E tem algo mais importante do que amar e ser amado?

Afinal, o momento da Jules já tinha passado com o Michael. Ela não soube amá-lo no momento em que ele a amava, e a vida tem seu ritmo musical, assim como no filme. Quand…

Just stuff...

Olha que bacana fica o meu texto depois de passar pelo “The Eater of Meaning” (http://www.crummy.com/software/eater/). Até parece que eu escrevo grego!!

Kasd, gubergren no sea Takimata. Sanctus est´lorem ipsum dolor sit amet lorem ipsum dolor, sit amet Consetetur´sadipscing elitr sed diam, Nonumy eirmod tempor invidunt ut. Labore´et dolore magna aliquyam erat, sed diam VOLUPTUA at Vero Eos - Et.

Hoje fui buscar meu carro no mecânico, então estou significativamente mais pobre, mas pelo menos o mau humor melhorou (um pouquinho), já que agora estou novamente motorizada. Depois, reuniões, reuniões, pedidos impossíveis, mais atas de reuniões e pizza pra encerrar o dia.

E hoje a noite acaba a série 24 horas. Será que o Jack Bauer vai fazer o presidente Logan falar a verdade? Será que mais algum terrorista maluco vai aparecer do meio do nada? Será que eu vou agüentar até a próxima temporada? Ai meu Deus, o problema de viciar nessas coisas é que vou ficar ansiosa, mesmo lendo os spoilers!! Bjs.